Seguidores

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Um fim horroroso é melhor do que um horror sem fim



Eu tive uma vida a dois.

Memória que não vou mexer.

Engraçado como nos enganamos de maneira rude e fugaz.

 Tenho palavras e carinhos que terminam como uma poção para alimentar uma pessoa só.

O agora não me assusta tanto quanto o depois...