Seguidores

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Eu e você


Isso tudo pode ser uma paixão adolescente.

Não diga que eu sou o amor da sua vida. Pra isso você teria que viver TODA a sua vida, aí sim teria tal certeza. O meu futuro pode ser a sombra do meu passado.

Mesmo assim vou lhe dar uma chance acreditando somente no que eu sinto e no que você diz.

Posso tentar andar com olhos fechados tendo você a me guiar. Se eu cair, você não saberá que nunca hei de me erguer novamente.

Todos saberão que minha vida após disso será envolta aos meus " eu sabia!", e assim viverei. Nem triste, nem contente.




terça-feira, 20 de janeiro de 2009

???


Tudo incompleto.
Nas indagações a vida pulsa mais ativamente.
Na dúvida persisto e nela sou livre para tomar qualquer caminho sem nele precisar ficar.
Pelas dúvidas cruéis lanço meus maiores questionamentos e deixo-os no ar, eles não precisam de pressa.
As perguntas martelam meus pensamentos, são sim as dúvidas que permeiam o meu ser.
De respostas engessadas não vivo, faço delas infinitos porquês.
O conhecimento precisa ser aberto para novos caminhos.
Assim me faço, pergunto, me inquieto.
Minha verdade não deve ser absoluta.
Para isso existe a incompletude, que por si mesma, dá razão ao saber.

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Palavras de má reputação


Tenho vontade de cometer más ações.
Quem disse que isso seria ruim? Não me lembro mais.
Nada é certo nem errado e ninguém é tão bom ou mal quanto parece.
Que vontade que dá do incerto, de largar tudo pra lá e deixar que todos me julguem.
Todos julgam erros e premiam acertos para que outros possam ver, aprender.
Nenhum instinto de justiça está fora de órbita tal como minhas vontades.
E eu saindo de cima do muro cansada de ser um espírito livre e cauteloso que gosta de ficar apenas a borda de suas experiências e não vive as coisas em toda a sua largueza e abundância.
Não mais.
Me deixem praticar más ações.
Chega de fórmulas adquiridas pelo costume, pela cultura, pelas necessidades aprendidas.
Tudo poderia ter sido ao contrário, a cultura poderia ter sido outra, nada de julgamentos ou pessoas boas e más.
Quem disse que isso seria ruim?



terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Para: Ricardo Eletro, Casas Bahia, Magazine Luíza...

Eu penso que o meu trabalho não é o que eu sou.
De uma certa forma isso não é verdade.
Muitas coisas que circulam na minha cabeça são aprofundadas nas ações do meu dia-a-dia. .
No dia 16 de Março do ano passado, aconteceu uma tragédia, um estudante chamado Cho Seng matou 32 pessoas numa universidade em Virgínia, lembram disso?
Minhas razões ficam atreladas a um empresário que exigiu que a sua publicidade fosse colocada na mesma página que noticiava tal ataque.
O leitor lê esse tipo de notícia e sente a adrenalina.
Um estudante que assassinou 32 pessoas e depois se matou, no rodapé da página "Compre e pague a 1ª parcela daqui a 6 meses".
Isso fomenta vendas. Mantenha a adrenalina e as pessoas consumirão seu produto ou serviço.
Especificações Comerciais
  • Formato: 6col x 15cm - rodapé
  • Veiculação: a definir - pacote para 6 inserções / mês
  • Colocação: notícias sobre tragédias
  • Custo tabela: R$ 120.000,00*
    *base custo varejo + 30% desconto