Seguidores

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Eu posso?


Eu posso olhar todas as transversais e não percorrer nenhuma.
Eu posso me limitar a ouvir sem ter que franzir a testa por memórias remexidas.
Eu posso tentar não ter ódio das belas casas com luzes acesas e somente sentir vontade de participar daquela família.
Eu posso ter plena confiança em quem está ao meu lado sem ter pensamentos febris.
Porque você está me olhando?
Meus olhos estão neutros dos pensamentos que são só meus.
Não tem nada aqui para você!
Eu posso ser o que não sou. Somente um espelho daquilo que eu queria ser.
Estou cansada de ser eu mesma com todas aquelas coisas que eu bem sei quais são.
Por favor diga que eu posso...





quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Inconstância


Ao piscar, dei margem ao pânico.
Todos os seus olhares para o lado invadem meus pensamentos mais sombrios.
Eles me fazem imaginar sobre o quanto você deseja aquilo que não sou eu.
E suas considerações a respeito de pessoas que fizeram parte da sua vida me fazem náuseas e me sussurram que tudo que o já foi, era o bastante para você.
Meus sentimentos se misturam com minhas inseguranças cultivadas ao longo dos anos.
Tudo é peso. Até nossos momentos de felicidade pesam.
O porvir inexorável da razão me arrasta para todas as situações que possam me causar dor. As ligações que eu não saberei de quem são, seus olhares quando eu não estiver perto, o desejo.
Desenho todas essas situações na mente que não tem nada de sã.
Não existe paz no amor, ele é doença.
A cura é vazia, é solidão. E com a cura, outras doenças na mente.

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Reflexos de mais um dia que começa

Acordei com uma vontade grande de não me importar com nada.

Mesmo se alguém me disser que não sou capaz, não vou mandá-la para lugares chulos e de baixo escalão, vou simplesmente sentir pena e compreensão.

Por todas as pessoas, terei um amor puro.

Darei carinho, sorriso, esmola, seja o que for.

Hoje serei o que deveria ter sido sempre, serei menos eu e me colocarei no lugar de algumas pessoas que nunca dei atenção.

Tudo que acontecer errado, vai me arrancar belas gargalhadas e eu serei...serei...
Serei?

Começa mais um dia...