Seguidores

sábado, 16 de agosto de 2008

A volta




Depois de algum tempo sem escrever e, consequentemente, de acompanhar meus blogs prediletos, aqui estou.

Muitas máscaras caíram, muitos tapetes foram puxados, muita pimenta nos olhos dos outros serviu de refresco e sentar no próprio rabo pra falar do rabo dos outros foi algo frequente em todas as minhas rodas de relacionamento.

Quanta bobagem e quantos pensamentos tristes já nem lembro mais.

Quantos textos tive prontos na cabeça mas sem nenhuma vontade de escrevê-los, muito menos de expô-los.

Foi necessário esse tempo e serão necessário outros também.
Francamente, não lí nenhum livro, não assisti nenhum filme interessante, não fui a nenhum lugar que pudesse me agregar conhecimento consistente e muito menos debati sobre idéias atípicas.

Fui sim, a vários butecos, lí revistinhas da mônica, assisti novelas e virei noites jogando truco de chinelo havaianas.

Hoje aqui estou.

Uma hora penso que esse tempo não terá nenhum peso na história da minha vida, outra hora penso que isso tudo foi fruto de algo que eu não sabia que tinha, a liberdade.

Meus neurônios voltaram a ser elásticos.


segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Penso logo existo

Submeto-me ou me insubordino?
Pensam por mim, logo não existo, e hesito até que me dêem a ordem.
Ou não hesito e me exponho, questiono e acabo existindo, incomodando.